Copa das Nações Africanas 2022: Argélia decepcionada, Costa do Marfim e Tunísia previstos em um momento … O que você quer saber sobre quarta-feira

A quarta jornada do Campeonato Africano das Nações marca a entrada da Costa do Marfim, frente à Guiné Equatorial, enquanto o confronto entre a Tunísia e o Mali promete um grupo onde a Mauritânia e a Gâmbia terão dificuldade em existir.

Resumimos tudo nesta terceira edição do CAN, nosso encontro diário até a final em 6 de fevereiro.

O que aconteceu na terça-feira

Grupo E. Argélia perde o seu início. Atual campeã e invicta em 34 partidas em todas as competições, a Argélia, favorita no torneio, não conseguiu cumprir o lockout contra Serra Leoa (0-0), que não disputa a Copa Africana de Nações desde 1996, vencendo apenas uma de suas últimas 13 partidas. .

Em sua partida de abertura no Estádio Jaboma Douala, em Camarões, os Foxes não tiveram precisão e precisão. Eles haviam se deparado principalmente com uma guarda imperial. O próprio Muhammad Câmara já mostrou que é intransitável, compôs os maravilhosos comícios e piqueniques que todos sempre gostam. Ele foi eleito o homem do jogo, e o jovem goleiro recebeu seu copo com lágrimas. “Tenho um sentimento de arrependimento, divorciado de Djamel Belmadi, técnico da Argélia. Hoje falhamos em nossa missão e não fizemos o que era necessário. Agora temos que vencer todas as partidas.”

Youssef Balili entrou em confronto com o goleiro de Serra Leoa, Mohamed Nibali Kamara. (AFP) AFP ou licenciadores

Grupo D: Nigéria surpreende Egito. E o grupo nigeriano venceu o Egito (1 a 0), onde o craque Mohamed Salah sofreu isolamento severo, no primeiro choque da Copa das Nações Africanas, em Garoua. “Águias Verdes” sobrevoaram as pirâmides com facilidade, mestres da bola, muito mais fortes física e decisivamente. A Nigéria causou a melhor impressão para os candidatos ao título na partida mais interessante desde o início da competição, apesar da meia hora final sem brilho. Moses Simon desencadeou o Pavilhão de Nantes em sua faixa da esquerda e, em particular, mostrou todas as cores dos “faraós”. Uma de suas subidas irresistíveis trouxe o gol nigeriano, assinado por Kelechi Iheanacho, uma sequência de controle de rebote no canto superior (30) com um belo passe de Joe Aribo, de cabeça. A estrela do Liverpool, Mohamed Salah, estava muito frustrada, acertando apenas 14 bolas no primeiro tempo e colocando o Egito em dúvida.

See also  Deschamps leal a Benzema e Messi que ignora Lewandowski .. Detalhes da votação

Grupo D: Sudão e Guiné-Bissau estão atrás. Uma oportunidade perdida para os dois lados. As duas equipes se neutralizaram no estádio Rumde-Adjia, em Gharwa, em um jogo sem gols onde as chances foram lentas (0-0). O Diortos, comandado por seu treinador veterano, Passero Candy, esperava marcar. Ela sentiu falta. Quanto aos sudaneses, que tinham acabado de despedir o seu treinador francês Hubert Velud, vieram com menos ambições, mas o seu desempenho não foi menor.

programa de quarta-feira

Grupo F Tunísia – Mali (14 horas no BeInSport)

É um choque hoje. A Tunísia se classificou para a final da Copa Árabe, perdendo apenas para a Argélia, campeã africana. Os parceiros de Wahbi Khazri, que também vão jogar na sua qualificação para o Mundial de 2022 com um salto final, qualificaram-se facilmente para esta Taça das Nações Africanas ao conseguirem uma sequência quase perfeita (5 vitórias, 1 empate). Em troca, Mali chegou aos Camarões com grandes ambições. As águias, que acabaram de se classificar para os play-offs da Copa do Mundo de 2022, classificaram os sucessos (5) nos playoffs. O último confronto terminou com a vitória da Tunísia (1-0). Foi em junho, durante um amistoso.

Grupo F: Mauritânia-Gâmbia (17h no BeInSport)

Seu último grupo durante as eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, a Mauritânia, virou a página de Corentin Martins em outubro. Foi treinada pelo franco-português Didier Gomez da Rosa. Martha Valenciennes Abeid e o atacante Adama Ba via Auxerre e Neuer terão a tarefa de iniciar a competição da melhor maneira contra a Gâmbia, uma das nações mais fracas. Depois de ser derrotado pela Nova Zelândia (2-0) e dominado pelo Marrocos (7-2) em amistosos, a Gâmbia se classificou com muitas dúvidas.

See also  Futebol - Euro - WTF

Quinto grupo. Guiné Equatorial – Costa do Marfim (20 horas em BeInsport).

A Guiné Equatorial tem tudo a ganhar e não enfrentará os marfinenses em um grupo particularmente difícil (junto com Argélia e Serra Leoa). Nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, ficou em segundo lugar, apenas dois pontos atrás da Tunísia. Diante disso, a Costa do Marfim, que não conseguiu passar pelas eliminatórias da Copa do Mundo ao cair na final contra Camarões, busca chegar às semifinais. pelo menos. O técnico Patrice Baumel insiste: “Se jogarmos, isso significa vencer, pelo menos para chegar às semifinais. Mas se chegarmos nas quartas de final ou na final e perdermos, ficaremos desapontados! O único problema é que a Costa do Marfim perdeu o goleiro suspenso Sylvain Gboho, que foi suspenso “temporariamente”.

Jogador a ficar de olho: Sebastian Haller

Ele é o atual artilheiro da Liga dos Campeões da UEFA. Sebastien Haller (27), avançado do Ajax Amesterdão, substituiu Didier Drogba no coração da Costa do Marfim. Se ele cresceu nos subúrbios do sul de Paris, treinou em Auxerre e foi selecionado para a seleção da França até a Espanha, Haller escolheu a Costa do Marfim, a casa original de seu pai. O artilheiro de sua primeira escolha em novembro de 2020, tornou-se o atacante que os elefantes estavam esperando. “Seb atingiu a maturidade, marca gols, anda sobre as águas, é pai, é só felicidade para ele”, entusiasma-se seu técnico Sebastian Bommel, que o convenceu a jogar pela camisa laranja.

You May Also Like

About the Author: Lucinda Lima

"Desbravador de cerveja apaixonado. Álcool alcoólico incurável. Geek de bacon. Viciado em web em geral."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *