Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Bosch reforça presença em Portugal com fábrica de painéis solares

O grupo Bosch, que detém cinco fábricas em Portugal, está a reforçar a sua presença em território nacional com uma nova fábrica de painéis solares na sua participada Vulcano, em Aveiro. No sector automóvel, a empresa alemã não tem planos de desinvestimento nas três fábricas de componentes (auto-rádios, antenas e travões), apesar dos custos de contexto, revela a edição de hoje do Diário Económico.

A Bosch vai construir uma fábrica de painéis solares junto às actuais instalações, em Aveiro, uma unidade que envolve um investimento de cinco milhões de euros e começará a produzir já no próximo ano, tendo como alvo o mercado ibérico. O projecto faz parte de um pacote de investimento de que contempla ainda um novo centro de investigação e desenvolvimento, revela o DE.

Numa altura em que deslocalizações voltam à ordem do dia, este reforço da presença da multinacional é explicado pelo esforço da Vulcano em “apresentar à casa – mãe ideias para produtos diferentes” (…) porque senão a Vulcano vai decrescer”, afirmou àquele diário João Paulo Oliveira, administrador da Vulcano e representante máximo do grupo alemão em Portugal.

A confiança na equipa local, que tem apresentado resultados acima do esperado, segundo o gestor, foi outro dos factores decisivos para convencer a Bosch. Por outro lado, a recente alteração legislativa que, a partir de 2007, obrigará os novos edifícios a terem painéis solares para aquecimento abre uma oportunidade de mercado, tal como em Espanha. Em 2010, esta unidade deverá estar a produzir 150 mil painéis ano, com vendas de 25 milhões de euros.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.