Trump teria dito que Hitler “fez muitas coisas boas”

(Washington) Adolf Hitler “fez muitas coisas boas”, disse Donald Trump durante uma visita à França em 2018, um jornalista de Jornal de Wall Street, em livro a ser lançado em 13 de julho.


Os comentários, que o ex-presidente dos Estados Unidos negou ter feito, teriam ocorrido durante uma visita à centésima União Européia.e Aniversário do fim da Primeira Guerra Mundial, segundo Michael Bender, autor do livro Honestamente, nós vencemos esta eleiçãoTrechos foram publicados na quarta-feira antes de seu lançamento.

Michael Bender diz que a observação ocorreu durante uma “aula de história improvisada” dada a Donald Trump por seu então chefe de gabinete, John Kelly.

Assim, o ex-general da Marinha estava “lembrando ao presidente das nações que estavam dos dois lados durante o conflito” e “ligando os pontos entre a Primeira Guerra Mundial e a Segunda Guerra Mundial, bem como todas as atrocidades (permitidas por) Hitler”.

Este argumento ‘retrocedeu’, John Kelly disse ter ‘dito ao presidente que ele estava errado, mas Trump ficou de braços cruzados’, referindo-se à recuperação econômica da Alemanha liderada pelo Partido Nazista na década de 1930.

O jornalista, citando fontes anônimas, observa que o chefe de gabinete do bilionário teria respondido: “Você não pode falar bem sobre Adolf Hitler. De jeito nenhum”.

Michael Bender também afirma que Donald Trump “tem uma espantosa ignorância da história”, particularmente a escravidão e a segregação nos Estados Unidos.

A visita de Donald Trump à França gerou outra polêmica, quando ele cancelou sua visita a um cemitério americano perto de Paris, explicando que o mau tempo tornava isso impossível.

READ  Iran has reportedly requested Interpol to arrest Trump for killing Soleimani

mas de acordo com oceano AtlânticoO presidente simplesmente não via o ponto. “Por que eu vou a este cemitério?” E o jornal noticiou em setembro de 2020, citando fontes anônimas, que ele disse aos membros de sua equipe que está cheio de perdedores.

Donald Trump também chamaria os 1.541 soldados americanos que morreram durante a Batalha de Belleau Wood de “idiotas”, antes de perguntar “quem são os mocinhos” durante o conflito.

A Casa Branca negou veementemente as acusações.

You May Also Like

About the Author: Hermínio Guimarães

"Introvertido premiado. Viciado em mídia social sutilmente charmoso. Praticante de zumbis. Aficionado por música irritantemente humilde."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *