Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Missão empresarial a Moçambique com 100 reuniões de trabalho agendadas

As seis empresas portuguesas participantes na missão empresarial a Moçambique, promovida pela NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria, têm agendados perto de 100 encontros bilaterais de negócio, uma organização e calendarização entregue à Market Access.

Em causa está uma missão empresarial de carácter multissectorial, que tem como principais objectivos proporcionar o estabelecimento de contactos directos entre as empresas portuguesas e moçambicanas, proporcionando uma avaliação das oportunidades concretas de negócio e investimento no país.

Ente os sectores representados contam-se a construção civil e obras públicas, materiais e acessórios para construção, comércio a retalho, sistemas de climatização, caixilharia em alumínio, energias renováveis e acessórios e peças para automóvel.

As empresas participantes são: Distripombal; Olveiras SA, Railinox, Macolis, Leirilis e Colorine.

A Market Access preparou para cada empresa portuguesa contactos com parceiros Moçambicanos seleccionados. Além das reuniões individuais de negócio, está ainda previsto um encontro com o CPI – Centro de Promoção de Investimentos de Moçambique.

A empresa, que tem vindo a organizar diversas visitas de negócio de empresários a Moçambique ao longo dos últimos quatro anos, tem uma presença permanente em Maputo.

O país é encarado como um caso de sucesso entre as novas economias emergentes africanas e tem assumido um papel cada vez mais determinante no contexto da África Austral. Ao longo dos últimos anos, a economia moçambicana tem revelado uma robustez digna de realce, com a manutenção de elevados índices de crescimento económico. Moçambique tem crescido a uma média de 7,5% ao ano, um dos mais rápidos ritmos a nível global. Com abundantes recursos naturais, as suas reservas de gás natural e carvão e minerais e têm atraído o interesse das grandes multinacionais e sido o grande motor de crescimento nos últimos anos.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.