Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Vendalinda procura novos mercados

A Vendalinda, empresa que detém, desenvolve e distribui várias marcas de calçado, acaba de mudar para novas instalações, na Zona Industrial da Cova das Faias. O edifício, que representa um investimento de três milhões de euros, pertence à Miltrade, empresa de promoção imobiliária, cujos sócios são comuns e que serve ainda a Expolândia, pertencente ao mesmo universo empresarial, revela a edição de hoje do Jornal de Leiria.

As novas instalações representam o início de um conjunto de investimentos em recursos humanos e tecnologias de suporte, com o objectivo de posicionar a empresa nos principais mercados onde se desenvolve o negócio, explicou o empresário Fernando Carreira àquele semanário.

O objectivo passa por fortalecer a empresa em Portugal para, posteriormente, partir à procura de novos mercados. Hoje as exportações representam apenas 17% das vendas, quando em 2000 ascendiam a 50%.

A empresa distribui as marcas Ipanema, Grendha, Rider e Melissa e tem duas marcas próprias – CS e UVS – cuja produção sub-contrata na China.

LE com Jornal de Leiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.