Bélgica – Yannick Carrasco: “Não me sinto português”

O jogo Bélgica-Portugal terá um sabor especial para Yannick Carrasco, o jogador internacional belga de descendência portuguesa.

Para Yannick Carrasco, as oitavas de final entre Bélgica e Portugal, em Sevilha (27 de junho, às 21h00), não serão triviais. O internacional belga nasceu em Vilford, filho de pai português e mãe espanhola.

De Ferreira Carrasco a Carrasco

Mas seu pai deixou a casa conjugal quando ele tinha três anos e Yannick Carrasco não quer mais ouvir falar disso: “Para mim, esse cara não existe mais.”, ele disse aos nossos colegas belgas de Jornal.

A ponto de mudar seu nome de Ferreira Carrasco no Tribunal de Carrasco em 2015 Para homenagear sua mãe que o criou sozinha. “Eu não esperava que ele fizesse isso, é o maior presente”Carmerne Carrasco, a mãe do jogador, explica nas colunas do jornal belga.

Sua família Seville irá apoiá-lo

Do lado positivo, Yannick Carrasco jogará “em casa” contra Portugal: “Ainda tenho família em Sevilha, mas meus parentes estão na Bélgica. O jogo contra Portugal, na Espanha, será especial, mas não só pela minha vida privada.”

O artigo continua abaixo

“Eu gostaria de poder ir, mas não posso. Claro, meus tios, tias e primos de Sevilha iriam torcer por ele”Sua mãe, Carmen, foi capturada.

Red Devils em vez de Silicao

Quando questionado se poderia avançar na selecção portuguesa, negou categoricamente: “A Federação Portuguesa de Futebol tentou recrutar-me quando era jovem, mas sempre quis jogar pela Bélgica. Sou 100 por cento belga e quero vencer todos os países e ganhar o Campeonato da Europa. Não me sinto português.” Isso tem a vantagem de ser claro.

READ  Renato Sanchez terá que esperar mais?

You May Also Like

About the Author: Germano Álvares

"Desbravador de cerveja apaixonado. Álcool alcoólico incurável. Geek de bacon. Viciado em web em geral."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *