Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Câmara prevê investir 400 mil euros na Escola da Moita

A Câmara Municipal da Marinha Grande aprovou na sua reunião de 9 de Fevereiro de 2018 a abertura do concurso público para a requalificação e ampliação da Escola Básica da Moita, que prevê um investimento de cerca de 400 mil euros.

O prazo para a apresentação de propostas termina no dia 14 de Março.

Este investimento resulta da necessidade de dotar o edifício de melhores condições de segurança e conforto, para que nele possam funcionar quatro salas de ensino básico.

A proposta prevê a requalificação integral do edifício da Escola, revestimento exterior do edifício do Pré-Escolar e requalificação da ligação entre os edifícios através da passagem coberta, com prolongamento até uma das entradas exteriores e acessível por pessoas com mobilidade condicionada. Prevê-se ainda a requalificação do espaço envolvente e a edificação de um pavilhão polivalente que vem resolver o actual problema da inexistência de um recreio coberto.

O preço base é de 392.825,38 euros, acrescidos de IVA e o prazo de execução é de 270 dias.

Fonte: Câmara Municipal da Marinha Grande

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.