Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Formação & Ensino

Diplomado da ESAD.CR realiza nova série infantil de “Cavalinho – O Mundo Mágico”

Cláudio Sá, diplomado da Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha (ESAD.CR), do Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria), já está a realizar a nova série televisiva das aventuras de “Cavalinho – O Mundo Mágico”, com estreia marcada no pequeno ecrã para o próximo Natal. Licenciado em Som e Imagem, Cláudio Sá realiza uma temporada de 15 episódios, que conta com a produção da empresa Cavalinho, revela a ESAD.CR em comunicado.

Cláudio Sá nasceu em 1990 e é realizador, ilustrador, animador e sound-designer. É licenciado em Som e Imagem na ESAD.CR e completou o curso tecnológico de multimédia. Cláudio Sá é um dos fundadores da “Arte 104” – oficina de artes –, e colabora desde 2007 com o Cineclube de Avanca, como animador de filmes como “O homem do Realejo” e “O Café”, mas também como realizador de três curtas-metragens: “Ganância”, “O Relógio de Tomás” e “Lágrimas de um Palhaço”. Desde 2008 que soma prémios e distinções na área da animação e da realização.

Fonte: ESAD.CR

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.