Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Sumol+Compal renova contrato com PepsiCo e Seven Up

A Sumol+Compal, empresa que possui uma plataforma logística em Leiria, anunciou hoje que concluiu com sucesso o processo de negociação com a PepsiCo e Seven Up International para a renovação dos contratos de produção, venda e distribuição até 2018.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a empresa de bebidas explicou que «a renovação dos atuais direitos de produção, venda e distribuição [de marcas como a Pepsi, 7UP e Guaraná Antárctica] produz os seus efeitos a partir de 01 de janeiro de 2013 por um período de cinco anos, renovável por iguais períodos», revelando que foram mantidas «condições substancialmente iguais às atuais».

«Estamos muito satisfeitos pela renovação do contrato já que as marcas abrangidas são importantes para o nosso negócio, dada a sua longa presença no mercado e os elevados níveis de notoriedade e de preferência que foram ganhando ao longo dos anos junto dos consumidores portugueses», afirmou o presidente executivo da Sumol+Compal, Duarte Pinto.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.