Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

General Motors destrona Toyota como maior fabricante mundial

O grupo japonês Toyota anunciou hoje ter vendido 7,95 milhões de veículos em todo o mundo em 2011, confirmando a perda do título de maior fabricante mundial para a rival norte-americana General Motors.
Face a 2010, as vendas por parte da Toyota sofreram uma queda de seis por cento no ano passado, causada em grande medida pelas consequências do sismo de 11 de março.

Líder mundial na produção automóvel de 2008 a 2010, a Toyota foi ultrapassada em 2011 não só pela General Motors (9,03 milhões de unidades vendidas), como também pela alemã Volkswagen (8,16 milhões de unidades) e pela aliança franco-japonesa Renault-Nissan (8,03 milhões).

A empresa nipónica foi severamente afetada na sua produção e vendas ao longo do ano transato pelo sismo e tsunami que afetou o nordeste do Japão em março e, mais recentemente, pelas inundações na Tailândia onde detém várias unidades produtivas.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.