Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Parque empresarial a Norte de Leiria suspenso por falta de verbas

Os municípios de Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande, situados no Norte do distrito de Leiria, anunciaram segunda-feira a suspensão do projecto de criação de um parque empresarial comum por falta de verbas.

«O projeto encontra-se suspenso por falta de dinheiro», revelou à Lusa o presidente da Câmara Municipal de Pedrógão Grande, João Marques (PSD), culpando a inexistência de apoio proveniente do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN).

João Marques sublinhou a incapacidade financeira dos três municípios para avançarem com fundos próprios para um investimento estimado em cinco milhões de euros, projectado para uma zona que delimita os três concelhos, junto ao IC8.

Criticando o “corte cego” que atinge todos os municípios de igual forma, o presidente da Câmara de Pedrógão Grande classificou a situação como “injusta” para os municípios do Interior, que “não têm receitas próprias”.

João Marques manifestou ainda a esperança de que o projecto de criação do parque empresarial “possa ser apoiado num futuro próximo”, se houver “alguma reprogramação” dos fundos comunitários.

Também o presidente da autarquia de Castanheira de Pêra, Fernando Lopes (PS), lamentou que a concretização do parque empresarial dos três concelhos, anunciada para este ano, não esteja em curso.

O parque empresarial intermunicipal está projectado para uma zona que delimita os três concelhos, junto ao Itinerário Complementar 8 (IC8).

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.