Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

ViniPortugal: exportações para China crescem 83,5% no 1ºS10

As exportações de vinhos portugueses para a China e o Brasil aumentaram 83,5 por cento e 56 por cento, respetivamente, nos primeiros seis meses de 2010 (1ºS10) face ao período homólogo de 2009, indicou hoje o presidente da ViniPortugal.

Segundo Francisco Borba, os dados revelam que o setor vitivinícola nacional continua a crescer no exterior.

No cômputo geral, as exportações de vinhos portugueses subiram cerca de 11 por cento entre janeiro e junho de 2010 face a igual período de 2009. Nos Estados Unidos, as vendas aumentaram 33 por cento.

O presidente da ViniPortugal falava à Agência Lusa no dia em que começa, no Porto, uma conferência internacional de três dias sobre vinhos portugueses, a “Wines of Portugal Internacional Conference”, uma oportunidade “acrescida” para “projetar” os vinhos nacionais no mundo.

O enfoque da iniciativa, organizada pela ViniPortugal, é dado à Touriga Nacional, considerada uma das mais nobres castas tintas portuguesas.

“Wines of Portugal Internacional Conference”, que decorre até sábado no Centro de Congressos e Exposições da Alfândega do Porto, conta com o patrocínio do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, e com a presença, na sessão de abertura, do ministro da Agricultura, António Serrano, e dos secretários de Estado do Comércio, Fernando Serrasqueiro, e da Agricultura, Luís Vieira.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.