Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Grupo Lena representa região de Leiria na visita oficial a Moçambique

O Grupo Lena, que tem como actividade principal a construção civil e obras públicas, é o único representante da região de Leiria que acompanha José Sócrates, e mais 51 empresas portuguesas, em visita oficial a Moçambique, segundo o Portal do Governo. A visita pretende reforçar as relações económicas entres os dois países.

O primeiro-ministro português, assina hoje, na província de Tete, a criação de um fundo de apoio a empresários portugueses e moçambicanos, e assinou a criação de um banco de investimento em parceria com Moçambique.

No decorrer da visita, Basílio Horta, presidente do AICEP, referiu à Lusa que há melhores perspectivas de futuro no seguimento da visita do primeiro-ministro português e defendeu que Moçambique tem um grande potencial de crescimento, quer para grandes projectos, quer para pequenas e médias empresas acrescentando que o AICEP está muito disposto e motivado para apoiar esses projectos.

Energia, tecnologias de informação e agro-indústria são áreas promissoras de investimento em Moçambique, por parte de empresários portugueses, defende o responsável.

Basílio Horta notou que há um crescimento anual médio de cerca de 30% das exportações para Moçambique, onde o investimento acumulado vai em cerca de 500 milhões de euros.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.