Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Exposalão promove feira multisectorial em Marrocos

A Exposalão vai organizar uma feira multisectorial de carácter profissional em Marrocos, onde estarão presentes empresas nacionais que pretendam expandir os negócios naquele mercado, revela em comunicado. Em causa está a Portugal Expo, que decorrerá em Novembro, no parque de exposições de Casablanca.

O projecto insere-se «no desenvolvimento da internacionalização de diversas empresas portuguesas» e conta com o apoio da AICEP e do Ministério da Economia português.

«Considerando o notório e crescente interesse das empresas portuguesas no mercado marroquino, e respondendo também a múltiplas solicitações dos nossos clientes das mais diversas áreas de actividade, a ExpoSalão iniciou há alguns meses um estudo deste mercado por forma a enquadrar os interesses das empresas nacionais, exportadores e potencialmente exportadoras», explica a empresa, justificando a iniciativa.

A Exposalão está a contactar empresas no sentido de recolher opinião sobre a iniciativa, para melhor «projectar e dimensionar» o evento.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.