Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Selo do carro vai desaparecer em 2008

O selo do carro, conhecido por Imposto Municipal sobre Veículos, vai deixar de existir em 2008, devendo em 2007 ser ainda comprado entre o final da Primavera e o início do Verão, anunciou hoje o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, revela a Lusa.

A medida faz parte das alterações no diploma que o governo entregou à Assembleia da República sobre a reforma da tributação automóvel e que deverá ser aprovado no Parlamento para entrar em vigor a 1 de Julho de 2007.

A partir de 2008, o pagamento do novo Imposto Único de Circulação, que substitui o IMV, será pago em função do mês de aniversário do carro, na página de Internet da Direcção-Geral de Impostos ou numa repartição de Finanças, esclareceu Luís Laço, responsável pela Direcção Geral de Alfândegas e Impostos Especiais de Consumo em conferência de imprensa.

O comprovativo dessa liquidação não terá que ser colocado no vidro do veículo, garantiu o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, cabendo depois ao Fisco, através do cruzamento de dados, o controlo do pagamento desse imposto.

Os carros comprados a partir de 1 de Julho de 2007 já serão abrangidos por estas novas regras, que prevêem também que a partir dessa data 10% da tributação de ISV seja transferida para o IUC.
Diário Digital / Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.