Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Responsabilidade Social Empresarial

Bioteca entrega cheque à Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21

A Bioteca, o primeiro laboratório de criopreservação de células estaminais da Península Ibérica, associa-se à comemoração do Dia Mundial de Portadores de Síndrome de Down, que se comemora amanhã, entregando o primeiro cheque referente à campanha «Diferenças» no valor de 1416 euros à Associação Portuguesa de Trissomia 21, revela a empresa em comunicado.

Este apoio é o resultado da campanha levada a cabo junto dos pais que realizam as criopreservações das células estaminais dos seus filhos junto da Bioteca. O objectivo desta acção, que decorre durante um ano, passa por comparticipar as despesas de saúde de crianças daquela associação.

A Bioteca oferece à Associação Portuguesa de Trissomia 21, 118 euros por cada 21 subscrições efectuadas pelos futuros pais. Esta quantia servirá para pagar as despesas com cuidados médicos que a associação gasta mensalmente por cada criança a seu cuidado.

Empresa participada do Grupo Lena e PME Capital

A Bioteca é uma empresa com capital nacional, em que participam o Grupo Lena e a PME Capital, que conferem ao projecto uma indispensável solidez financeira.

Recorrendo aos mais recentes avanços científicos na área da biotecnologia, a Bioteca aposta na Investigação e Desenvolvimento (I&D), canalizando uma parcela significativa dos seus recursos financeiros para diversas linhas de investigação, em parceria com o Instituto Superior Técnico.

Beneficia também da associação a uma rede de parceiros de génese similar, que lhe permitem dispor de capacidade tecnológica para realizar todo o tipo de testes bioquímicos, imunológicos e genéticos.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.