Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Sector da construção regista a maior quebra em toda a Europa

Portugal foi o país com a maior quebra de produção do sector da construção entre Estados membros da União Europeia, uma evolução que contrasta com os valores globais da Zona Euro e da UE-25, que assinalam tendências ascendentes, revela a edição de hoje do Diário de Notícias.

Segundo os dados ontem divulgados pelo Eurostat, a produção em Portugal desceu 6% em Dezembro, em comparação com os valores do mês anterior, e 10,7%, em relação ao mesmo mês de 2005, sendo este o único país europeu a decrescer.

Tanto na Zona Euro como no conjunto da UE-25, (sem a Roménia nem a Bulgária), este sector assinalou, em Dezembro, um progresso de 0,5%, em comparação com Novembro. Em relação a Dezembro de 2005, a produção de Dezembro passado assinalou uma subida de 6,9% na Zona Euro e de 6,7% na UE-25.

Na comparação anual, as maiores subidas de produção foram assinaladas na Eslovénia (30,3%), Eslováquia (20,1%) e na Polónia (19,4%).

LE com Diário de Notícias

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.