Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Empreendimento Plaza Oeste à espera da conclusão do Plano de Pormenor

A construção do Plaza Oeste, o maior centro comercial previsto entre Leiria, Santarém e Torres Vedras, deverá ter início no próximo ano, para estar em funcionamento durante o ano de 2009. Essa é a convicção do vereador das obras particulares e urbanismo da Câmara de Óbidos, Pedro Félix, destacando que falta apenas a aprovação do Plano de Pormenor e sua publicação em Diário da República, seguindo-se o licenciamento por parte do Ministério da Economia, revela a Gazeta das Caldas.

Este empreendimento do grupo belga “Wilhelm & Co” será composto por uma área comercial, de 60 mil metros, com mais de 80 lojas, cinema, restaurante e locais para espectáculos. Terá ainda um retail park e um hotel, bem como mais de três mil lugares de estacionamento, num investimento total de cerca de 200 milhões de euros.

Projecto prevê uma marina e driving range, para iniciação ao golfe

Será servido por um nó directo da A15, que irá entrar junto ao campo de futebol das Gaeiras. A passagem superior para A-dos-Negros que já existe actualmente será duplicada, um projecto que conta já com o parecer favorável da Estradas de Portugal e da Auto-estradas do Atlântico.

A antiga lixeira intermunicipal dará lugar a um parque municipal com a possibilidade de criação de um “driving range” para a iniciação ao golfe. Face à proximidade com a barragem de Óbidos, está também prevista uma pequena marina de forma a potenciar a utilização de barcos de recreio.

Pedro Félix destaca que este empreendimento será uma mais valia tanto para o concelho como para a região pois irá permitir a criação de perto de mil postos de trabalho directos, numa zona “que vai tendo algum desemprego», revelou ainda à Gazeta das Caldas.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.