Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

«O nosso turismo religioso tem muito potencial na Croácia»

Célia Marques, em Zagreb*
cmarques@leiriaeconomica.com

O turismo religioso em Portugal tem muito potencial na Croácia, disse Luís Barreiros, embaixador de Portugal naquele país (ao centro na foto), durante a conferência de imprensa, à chegada do voo inaugural da TAP para Zagreb.

«A Croácia é um país católico, com forte influência da igreja. Os croatas têm poder de compra e gostam de viajar. Os nossos níveis de turismo são muito reduzidos. Há muito ainda a fazer, mas oor certo que mais turistas chegarão e mais croatas irão visitar Portugal, sentir o aroma do oceano Atlântico, o golfe no Algarve, o turismo cultural, a religião em Fátima. Congratulo a TAP por ter tido a visão de estabelecer esta ligação. Por certo que mais turistas chegarão e que mais croatas irão visitar Portugal, sentir o aroma do oceano Atlântico, o golfe no Algarve, o turismo cultural, a religião em Fátima», afirmou aquele responsável.

Em algumas igrejas de Zagreb são visíveis cartazes a anunciar excursões a Fátima, nos quais se disponibilizam contactos para que os interessados se possam inscrever.

Contactado pelo Leiria Económica, Miguel Sousinha, presidente da Região de Turismo Leiria Fátima, afirmou concordar «inteiramente» com a afirmação de Luís Barreiros relativamente ao potencial do turismo religioso português na Croácia, tendo adiantado que o mesmo se verifica «noutros países onde existe uma forte implementação da igreja católica».

Segundo aquele responsável, «neste momento não existe nenhuma acção promocional a decorrer, uma vez que, em termos estratégicos, o mercado croata ainda não é um mercado prioritário para a marca Fátima e os recursos financeiros existentes exigem uma definição prioritária de mercados», explicou.

Miguel Sousinha relembrou que, em 2004, decorreu uma acção integrada no Euro, desenvolvida com a marca Portugal Turismo, na qual a Região de Turismo Leiria Fátima esteve representada.

Actualmente, o plano promocional para a Marca Fátima encontra-se centrado em mercados como a Espanha, Itália, Polónia, Irlanda, França e Brasil, existindo ainda algumas acções pontuais nos Estados Unidos, disse ainda Miguel Sousinha. «A nossa estratégia para 2006 assenta numa forte concentração de recursos nestes mercados, com um investimento global de 320 mil euros, um esforço concertado entre a marca Fátima e Portugal Turismo, uma vez que os recursos são escassos e a dispersão muitas vezes não tem o retorno que perspectivamos. Acreditamos que a concentração dará mais notoriedade à promoção do destino Fátima naqueles mercados», explicou.

No entanto, futuramente, a Região de Turismo Leiria Fátima tenciona não só consolidar os mercados referidos, como potenciar os mercados emergentes, como é o caso da Croácia, «um esforço deve ser acompanhado de um reforço no transporte aéreo, como já acontece com a Irlanda e a Polónia, com voos de Low Cost», sustentou.

O peso do mercado croata na Região de Turismo Leiria Fátima é «quase incipiente», não devendo ultrapassar 1%, revelou Miguel Sousinha

Ligação Lisboa Zagreb potencia relações económicas entre os dois países

Para Luís Barreiros, a ligação Lisboa Zagreb ajudará ainda a melhorar as relações económicas e a dinamizar ambos os mercados. «É preciso não esquecer que Portugal é a porta de África, da América Latina, do Brasil e da Venezuela e a Croácia a plataforma para a antiga Jugoslávia. A TAP está a antecipar o futuro. O futuro das relações bilaterais está a ser construído agora», salientou.

Para além disso, adiantou, há interesse pela língua portuguesa. «Para o curso de português que abriu com 50 vagas, apareceram 600 candidatos».

A TAP realizou, na passada sexta-feira o voo inaugural para a cidade de Zagreb, na Croácia. A ligação é feita via Bolonha, três vezes por semana (domingo, sexta e quarta-feira) ao preço promocional de 98 euros mais taxas, um valor que vigora até final do mês de Junho. O objectivo passa por expandir a rede para países candidatos à entrada na União Europeia. Segundo fonte da TAP, as previsões apontam para 800 a 900 mil euros de receita voada (efectiva) até ao final do ano, num mercado em que a companhia de aviação portuguesa tem a Kompas como representante de vendas.

Lisboa – Zagreb – Lisboa
Frequência: domingo, sexta e quarta, via Bolonha

Lisboa-Zagreb
Partida às 8 horas, chegada às 13h15 (hora local)

Zagreb-Lisboa
Partida às 14 horas, chegada às 17h30 (hora local)

Para mais informações consultar www.flytap.com


*A jornalista viajou a convite da TAP e do turismo de Zagreb

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.