Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript.Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Exportações da indústria de moldes crescem 80% nos últimos 5 anos

As exportações da indústria portuguesa de moldes, que concentra 65% dos fabricantes na zona centro, cresceram 80% nos últimos cinco anos, e 4,4% entre 2014 e 2015, ano em que atingiram os 574 milhões de euros. Em 2015, a actividade exportadora representava 76% do total de vendas, face aos 59% em 2010. Os dados são do estudo sectorial produzido pela Informa DB.

Espanha e Alemanha representam os mercados de exportação mais significativos para os fabricantes portugueses de moldes, com valores totais ligeiramente superiores a 20%.

As importações, por seu lado, diminuíram ligeiramente, aumentando o superavit comercial para os 430 milhões de euros.

Quanto às vendas, ascenderam, em 2015, aos 755 milhões de euros, mais 2% face ao ano anterior.

Em 2013, operavam em Portugal 684 empresas no setor de fabrico de moldes metálicos, o que traduz um aumento de cerca de 1% em relação ao ano anterior. Já o volume de emprego gerado aumentou 4,3%, para quase 9 mil trabalhadores.

Neste setor predominam os operadores de reduzida dimensão, com 65% das empresas a empregarem menos de 10 pessoas. Pelos mesmos motivos, apenas 6% das empresas emprega mais de 50 pessoas, com a empregabilidade média por empresa a situar-se nos 13 colaboradores.


Abstract

Exports in portuguese mould industry grew 80% over the last five years

Exports of portuguese mould industry grew 80% in the last five years, and 4.4% between 2014 and 2015, when it amounted to 574 million euros. In 2015, the export activity represented 76% of total sales, compared to 59% in 2010.

Spain and Germany represent the most significant export markets for portuguese manufacturers of molds, with total amounts slightly exceeding 20%.

Regarding the total sales in the portuguese mould industry, the amount reached 755 million euros in 2015, which represents a 2% growth from the previous year.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.

AKI investe 500 mil euros na renovação da loja de Leiria

O AKI investiu 500 mil euros na renovação da loja de Leiria e está em processo de recrutamento de seis novos colaboradores. O objectivo passa por «reforçar o seu conceito de proximidade junto dos leirienses e actualizar a nova imagem da marca», explica a empresa em comunicado.