Três realizadores portugueses em Saint-André des Arts

Depois de ter sido apresentado em festivais como Veneza, Roterdão e Cannes, é a última das curtas-metragens de cineastas portugueses Sophia Post e Mariana Jiefao E a Eleanor Telles Programado em Cinema Saint-Andre des Arts A partir de 3 de fevereiro de 2021.

HOLIDAY, RUBY e os CÃES que latem aos pássaros revelam três visões femininas de futuro e juventude e representam o que há de melhor no cinema português contemporâneo. É uma oportunidade para o público parisiense descobrir esses três curtas-metragens que percorreram o mundo e agora estão unidos em um só.

cerca de Philippa ReeseProdutor de Curtas-Metragens em Uma pedra no sapato, Que é uma produtora especificamente responsável pelo novo projeto de Miguel Gomez, Este projeto é o primeiro. É um acto de resistência e uma celebração do cinema português português. Depois de vários períodos de confinamento, é importante se divertir novamente, voltar para o grupo e temer ».

O primeiro filme neste programa é Festa do dia, Que marca o início Sophia Post. O curta-metragem trata da complexidade das relações mãe-filha e esteve em competição oficial na Semana da Crítica do Festival de Cannes 2019. Até o momento, o filme foi exibido em mais de 20 festivais internacionais e ganhou o prêmio de Melhor Atriz. Como coadjuvante de Teresa Madruga em Caminhos do Cinéma Português e Prêmio do Júri Profissional Rencontres de Filmes Femmes Méditerranée.

o filme Rubi A partir de Mariana galvão (João Pedro Rodrigues Editor de Cinema, entre outros) retrata um jovem que se descobre e acompanha a jovem Roby nos dias anteriores ao regresso da sua melhor amiga, Millie, à Inglaterra. O filme ganhou o Prémio de Melhor Realizador no prestigiado Festival Internacional de Cinema Curtas Vila do Conde 2019 e foi selecionado em vários festivais populares como o Festival Internacional de Cinema de Rotterdam ou o New Montreal Film Festival.

See also  Incendios, o apelo da autoridade e o penhor da indenizada

Pássaros latindo, Os filmes mais recentes do diretor Eleanor Telles (Urso de Ouro de Melhor Curta-Metragem Berlinale 2016 de BALADA DE UM BATRÁQUIO) encerra esta sessão de curta-metragem. Depois de uma viagem por inúmeros festivais internacionais, esta é a primeira oportunidade para o público parisiense ver esta curta-metragem que se segue aos dias de verão de Vicente e da sua família, que tiveram de abandonar a sua casa no centro do Porto devido à especulação imobiliária. O filme foi exibido na última edição do Festival de Cinema de Veneza e foi nomeado para Melhor Curta-Metragem Europeu no 32º European Film Awards.

Cinema Le Saint-Andre des Arts
30 rue Saint-André des Arts
75006 Paris

http://www.cinesaintandre.fr

You May Also Like

About the Author: Aldina Antunes

"Praticante de tv incurável. Estudioso da cultura pop. Pioneiro de viagens dedicado. Viciado em álcool. Jogador."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *