Lenda da Juventus destrói Ronaldo: ‘ele nunca foi e nunca será capitão’

Jornal italiano Gazzetta dello Sport Esta terça-feira, para publicar uma longa entrevista com Massimo Mauro, o ex-atacante da Juventus entre 1985 e 1989. Este ataca principalmente Cristiano Ronaldo.

O ex-internacional italiano considera o português um “grande indivíduo, não um homem de equipa”. Para ele, sua assinatura representou mais problemas do que soluções para a Juventus de Torino.

“O Ronaldo nunca foi capitão onde jogou, e nunca será. É como um negócio, e para ele as contas dele são mais importantes do que as contas do time. É assim, não é como se ele fosse capitão como o Maradona mudou. Cristiano não paga aos seus companheiros, Cristiano quer Um dos seus companheiros deu-lhe a bola para fazer um golo, “ ele adicionou.

Nesse sentido, Massimo Mauro pediu aos bianconeri que desistissem da Bola de Ouro de Futsal no final da temporada. “A nível pessoal, ele foi bom, estava sempre a marcar. Certamente, não podemos dizer que ficou abaixo das expectativas. É enorme em termos de marketing. Mas do ponto de vista dos resultados desportivos, a Juventus não está melhor do que está. no passado, ao invés do que está fazendo. “Pior na Champions League. Por isso o melhor para ambos é que os trilhos se cruzem. Ronaldo poderá iniciar uma nova fase em outro lugar, e a Juventus se livrará de um enorme problema financeiro. Ele completou.

«

See also  Herault: Primeira Colheita de Emmanuel Clozel e Karen Turner em Pic Saint-Loup

You May Also Like

About the Author: Irene Alves

"Bacon ninja. Guru do álcool. Explorador orgulhoso. Ávido entusiasta da cultura pop."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *