Energias vê seus lucros dispararem em 2020, impulsionados por renováveis

O grupo de electricidade Energias de Portugal (EDP) anunciou, esta quarta-feira, que o seu lucro líquido cresceu 56% no ano passado, para 801 milhões de euros, graças em particular às energias renováveis.

Em 2020, a EDP paraEle testemunhou um crescimento na produção de energias renováveis ​​de 7% em um ano“, Explica o grupo num comunicado de imprensa publicado no sítio da CMVM. O bom resultado do grupo também pode ser explicado pela alienação de vários ativos durante o exercício de 2020.

A EDP concluiu no final de Dezembro a venda de seis centrais hidroeléctricas a um consórcio francês liderado pela energética ENGIE e de vários activos em Espanha, nomeadamente duas centrais térmicas de ciclo combinado a gás natural na região de Navarra (norte) , no grupo Óleo total. Esses negócios totalizaram mais de 2,7 bilhões de euros, disse a EDB na época.

O excedente operacional (EBITDA) total da EDP, cujo maior acionista é o grupo estatal chinês Three Gorges, aumentou 6% para 3,95 mil milhões de euros. A subsidiária das energias renováveis, EDP Renovaveis, anunciou um lucro de 556 milhões de euros, um aumento de 17% face a 2019. No final do ano passado, o grupo reduziu a sua dívida em 11%, para 12,24 mil milhões de euros.

READ  Santa Claus begins delivery of Christmas Eve to SLC Hospitals

You May Also Like

About the Author: Irene Alves

"Bacon ninja. Guru do álcool. Explorador orgulhoso. Ávido entusiasta da cultura pop."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *