Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Mercado mexicano é o mais atractivo da América Latina

O mercado mexicano é o mais atractivo da América Latina. Foi esta a principal conclusão do seminário promovido dia 13 de Setembro, no edifico sede da NERLEI, subordinado ao tema «Oportunidades de negócio no México», e que faz parte da preparação para a missão empresarial a realizar pela associação àquele país, entre 5 e 11 de Novembro próximo.

Para António Febra, presidente da GECO, o mercado mexicano é onde mais gosta de fazer negócios, mas é um mercado que requer alguma persistência, advertiu, lembrando a presença de 20 anos da empresa naquele país, que representa 10% da sua facturação.

O evento contou ainda com a presença da Embaixada do México em Portugal, na pessoa do ministro Francisco Javier Olavarría, de Laura Garzon, delegada comercial e de turismo da embaixada mexicana, e da representação da AICEP no México, na pessoa de Rui Gomes, delegado comercial naquele mercado.

Entre os oradores estiveram também presentes José Freitas Araújo, vice-presidente da Câmara de Comércio Luso-Mexicana, Manuel de la Torre, da Transitex empresa transportadora do grupo Mota-Engil e Elisabete Antunes, da Advank, empresa de consultoria estratégica.

As inscrições para a missão empresarial ao México decorrem até 23 de Setembro e devem ser realizadas junto da NERLEI.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.