Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Itália aprova plano de austeridade de 54,2 mil milhões

Os deputados italianos aprovaram hoje, durante uma moção de confiança, o plano de austeridade de 54,2 mil milhões de euros que visa permitir à Itália chegar ao equilíbrio orçamental em 2013 e reduzir a dívida.

O plano foi aprovado com 316 votos a favor, tendo 302 deputados votado contra.

Os deputados ainda vão votar o plano no final do dia, já adoptado pelos senadores há uma semana, mas será uma formalidade depois de terem votado a moção de confiança.

Este novo plano, muito impopular no país e cuja adopção com urgência foi anunciada no início de Agosto pelo governo de Sílvio Berlusconi em troca do apoio do Banco Central Europeu, surgiu depois do plano de austeridade adoptado em Julho ter sido considerado insuficiente pelos mercados.

Depois de ter sofrido numerosas modificações, o plano foi reforçado, antes de ser aprovado pelo senado, com o aumento do IVA, o aumento da idade da reforma das mulheres no sector privado e com a criação de uma taxa para os contribuintes com maiores rendimentos.

As medidas associadas ao plano também incluem severos cortes nos orçamentos dos ministérios e das autarquias e um reforço da luta contra a evasão fiscal, muito elevada no país.

Apesar da adopção deste segundo plano de austeridade e da compra de dívida italiana pelo BCE, a Itália não está a conseguir acalmar os mercados.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.