Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Agro-alimentar: indústria perdeu 700 M€ no 1º trimestre

A indústria agro-alimentar perdeu 700 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, uma quebra que pode ser extensível a todo o ano, caso se mantenham os elevados custos das matéria-primas e uma fiscalidade desfavorável ao consumo.

O alerta partiu do diretor-geral da Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares (FIPA), que sublinhou, em entrevista à Agência Lusa que o setor «já está a ser afetado pela redução do consumo» e pode «resvalar para uma situação de encerramento de empresas e de deslocalizações», pondo em causa cinco mil empregos.

«Tudo aquilo que a indústria alimentar compra está mais caro», salientou Pedro Queiroz, acrescentando que as matérias-primas têm tido aumentos médios de 20 por cento e, nalguns casos, de 50 por cento.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.