Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Sócrates: investimento obras públicas continua “prioridade”

O primeiro-ministro e líder do PS rejeitou hoje que o partido tenha deixado cair as grandes obras públicas, frisando que estas continuam a ser uma “prioridade”, mas que têm de ser adaptadas às atuais “condições de financiamento”.

Questionado no Fórum TSF sobre a ausência de referências diretas no programa eleitoral dos socialistas ao TGV, 3.ª travessia do Tejo e novo aeroporto, José Sócrates começou por sublinhar que o país “não pode abandonar a tarefa” de modernizar as infraestruturas de transporte, para que a “economia esteja mais perto dos mercados europeus”.

“Se o país não considerar estratégico tudo o que diz respeito a infraestrutura logística aeroportuária, ferroviária ou portuária, isso constituiria um erro. O que pusemos no nosso programa é que estas infraestruturas devem continuar a ter uma prioridade no investimento público. Simplesmente devem ser agora adaptadas ao novo momento que vivemos e às condições de financiamento”, explicou o primeiro-ministro.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.