Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Sonae Sierra inaugurou LeiriaShopping

Tiago Oliveira

O LeiriaShopping foi ontem inaugurado oficialmente pela Sonae Sierra que investiu neste projecto 80 milhões de euros, prevendo um retorno de investimento em dez anos. A nova superfície comercial, abre hoje as portas ao público com 100% da Área Bruta Locável (ABL) comercializada.

O novo centro comercial, dividido em dois pisos, conta com 116 lojas (nove de grande dimensão), sete salas de cinema Castello Lopes e 19 restaurantes. A H&M abrirá apenas em Maio, enquanto a FNAC e as salas de cinema abrirão em Abril.

O novo shopping – que disponibiliza ainda cerca de 2000 lugares de estacionamento, repartidos pela área exterior e pisos subterrâneos – irá criar 900 postos de trabalho e gerar oito milhões de visitas anuais (25 a 30 mil pessoas por dia), num volume de vendas que se traduzirá em 77 milhões de euros, segundo estimativas avançadas pela empresa.

Fernando Oliveira, CEO da Sonae Sierra destacou o «sucesso» do projecto, uma vez que conta com a totalidade da sua Área Bruta Locável comercializada, tendo conseguido «atrair a atenção e ser reconhecido pelo comércio local como o futuro destino de compras de Leiria», explicou, destacando que cerca de 23% do total das lojas pertencem «a empresas locais, franchisados ou com marcas próprias», um investimento de seis milhões de euros em fornecedores locais.

Arquitectura inspirada no Pinhal de Leiria

A arquitectura do LeiriaShopping é inspirada no Pinhal de Leiria, na sua costa atlântica e tradição da indústria vidreira da região. Na apresentação do centro comercial à comunicação social, o arquitecto José Quintela referiu que «houve um grande esforço para que o edifício tivesse uma presença visível muito forte na paisagem de modo a ser visto por quem passe no IC2». No que ao interior diz respeito, o arquitecto pretendeu um ambiente moderno onde «os materiais aparecem subtilmente e de forma metafórica».

As temáticas da madeira e do vidro aparecem de forma mais visível nas casas de banho, uma das atracções do espaço, dando ao visitante a sensação de estar ao ar livre. No entanto a principal novidade é a fachada Sul, onde foi colocado um painel iluminado que permite mudar a imagem. «É a primeira vez que utilizamos esse tipo de fachada num centro comercial», anunciou Fernando Oliveira, CEO da Sonae Sierra. Outra das inovações do centro comercial, segundo o responsável, foi a criação de vários ambientes, com mesas diferentes, e efeitos de luzes para que a praça da restauração «não se parecesse com uma cantina». Ainda neste espaço está disponível um terraço com vista sobre o exterior e uma zona de fumadores coberta.

Rotunda desnivelada por concluir

No capítulo das acessibilidades, que representam seis milhões de euros do orçamento total da obra, a empresa admite que está em falta a construção de uma rotunda desnivelada e remete a responsabilidade para a Estradas de Portugal, acreditando, no entanto, que a sua concretização estará para breve. A rotunda, co-financiada pela Sonae Sierra em três milhões de euros, enquadra-se no projecto de alargamento do IC2.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.