Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Câmara de Leiria vai contrair empréstimo de 12,5 milhões para obras

A Câmara Municipal de Leiria vai contrair um empréstimo de 12,5 milhões de euros para a realização de obras que serão apoiadas pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), verbas que não entram para o endividamento da autarquia, assegurou o executivo ao Diário de Leiria.

O pedido terá de ser autorizado pela Direcção Geral das Autarquias Locais (DGAL), Assembleia Municipal (AM) e só depois é que o executivo pode avançar com o recurso à banca apenas para executar projectos provenientes do anterior mandato, apoiados por fundos comunitários.

Segundo o Diário de Leiria, entre o lote de obras – a maioria transitam do anterior executivo e algumas já adjudicadas – constam obras no Convento de Santo Agostinho, a encosta do Castelo, a requalificação das margens do Rio Lis.

Por outro lado, ainda não é garantido que avance a construção do Centro Cívico projectado para o designado ‘buraco’, na Zona Histórica, bem como a circular interna à cidade de Leiria.

LE com Diário de Leiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.