Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Sector do calçado apresenta nova imagem e plano de promoção

A nova imagem institucional da indústria portuguesa de calçado e a estratégia de promoção externa para os próximos anos são apresentadas terça-feira no âmbito da aposta do sector em «se afirmar internacionalmente como um produtor de excelência».

«Impunha-se que este novo estádio de desenvolvimento do sector fosse acompanhado pela redefinição da sua imagem institucional e por uma forte campanha de promoção no exterior», refere a Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado (APICCAPS) em comunicado.

Da responsabilidade da associação, as novas imagem sectorial e estratégia de promoção do sector foram desenvolvidas em colaboração com a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), com o apoio do Programa Compete.

Segundo salienta a APICCAPS, nos últimos dez anos a indústria portuguesa de calçado «evoluiu de forma notória», conseguindo «migrar a produção para segmentos de cada vez maior valor acrescentado e afirmar-se internacionalmente como um produtor de calçado de excelência, que alia a tradição e o saber acumulado às tecnologias de ponta».

«O sector apostou igualmente nos factores imateriais da competitividade», realça, afirmando que o «design, moda, qualidade, inovação, marca e diferenciação passaram a constituir argumentos competitivos cada vez mais preciosos para uma indústria que exporta mais de 90% da sua produção».

Em 2008, as exportações portuguesas de calçado somaram 1.348 milhões de euros, mais 2,15% do que no ano anterior e em alta pelo terceiro ano consecutivo.

Segundo dados da APICCAPS, desde 2005 as vendas do sector para o exterior cresceram mais de 10%, o que faz de Portugal «um dos principais exportadores à escala mundial» nesta indústria.

Actualmente, a indústria portuguesa de calçado representa 5% da produção, 7% das exportações e 17% do emprego a nível europeu.

As 1.151 empresas registadas em Portugal em 2007 davam emprego a perto de 34 mil pessoas, produzindo 76,2 milhões de pares de sapatos por ano, 69,6 milhões dos quais para exportação (91,4%).

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.