Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Concorrência aprova compra da Tvtel, Bragatel e Pluricanal pela Zon

A Autoridade da Concorrência (AdC) autoriza a aquisição pela TV Cabo (do grupo Zon Multimédia) das operadoras TVTel, Bragatel, Pluricanal (Leiria e Santarém), revelou a autoridade em comunicado. A decisão surge depois da análise do processo de concentração, consulta a interessados e imposição de condições e obrigações destinadas para garantir a manutenção da concorrência efectiva no mercado de televisão por cabo (retalho) e por satélite (grossista), e infra-estrutura de rede.

A TV Cabo assumiu o compromisso de cumprir as condições e obrigações impostas pela Autoridade da Concorrência e a Zon anunciou que «irá executar a compra dos restantes 80% do capital da TVTel e Bragatel, de 76,192% da Pluricanal Leiria e de 79% da Pluricanal Santarém ao CaixaBI», refere em comunicado enviado à CMVM.

Seguidamente, a «Zon dará início à integração destas empresas, um processo que gerará sinergias significativas, nomeadamente, no que diz respeito à aquisição e gestão de conteúdos, marketing e custos operacionais e de manutenção de rede», adianta.

LE com Dinheiro Digital

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.