Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Raul da Bernarda apresenta plano de recuperação e Sofal encerra

O plano de recuperação da empresa de cerâmica Raul da Bernarda deverá ser apresentado no próximo dia 20 de Setembro, revela o Oeste Online. O documento prevê uma aposta em produtos de design, com incorporação de maior valor acrescentado.

No Tribunal de Alcobaça foram apreciados o inventário de bens – avaliado em 600 mil euros no caso de continuidade laboral e em 290 mil euros se a empresa encerrar definitivamente – o passivo, fixado em cinco milhões de euros, e o relatório do administrador de insolvência.

Entretanto, no mesmo sector e também de Alcobaça, a Sofal encerra definitivamente, adianta o site. Em assembleia de credores, que decorreu no Tribunal de Alcobaça, ficou decidido que o património da empresa será avaliado e encaminhado para pagamento dos créditos reclamados sobretudo pela Segurança Social e Caixa Geral de Depósitos. O passivo da Sofal é de seis milhões de euros.

LE com Oeste Online

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.