Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Jornal de Leiria edita 250 Maiores Empresas do Distrito de Leiria

O Jornal de Leiria publica esta semana mais uma edição das 250 Maiores Empresas do Distrito de Leiria. Para além da análise do ranking – que conta com a colaboração de João Carvalho das Neves – a revista aborda temas como o conceito de grande empresa, o desmistificar da inovação e os principais factores da longevidade das empresas.

A publicação conta ainda com uma entrevista a Castro Guerra, secretário de Estado Adjunto da Indústria e Inovação, e um conjunto de entrevistas a fundadores de empresas do distrito, relatando as suas Histórias de Trabalho e de Vida.

Abroda também temas como a importância do controlo de gestão (com o contributo do consultor Azevedo Rodrigues) e da estratégia (opinião do consultor René Cordeiro), o que se espera do futuro da agricultura (opinião de Luís Medeiros, Secretário de Estado Adjunto da Economia e Pescas), e a descontinuidade e a região de Leiria (por Márcio Lopes, professor na ESTG).

Distribuídos por dois painéis temáticos, um conjunto de personalidades é ainda convidado a pronunciar-se sobre temas como a inovação, o conceito de grande empresa, e os factores que determinam a sua longevidade.

À semelhança da edição anterior, a revista reserva ainda espaço a empresas do distrito de Leiria que se destacam a nível de inovação.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.