Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Valorlis avança com concurso para novo aterro

O concurso público para adjudicação dos trabalhos com vista ao novo aterro da Valorlis já decorre, apesar da não unanimidade dos associados em torno da futura obra, revela o Diário de Leiria. Embora a posição contrária da Câmara Municipal de Leiria, a administração da empresa responsável pela gestão dos resíduos sólidos urbanos da Alta Estremadura avançou com o concurso público, dando cumprimento à vontade da maioria dos associados para a ampliação do aterro multimunicipal.

O concurso público para a adjudicação dos trabalhos na Valorlis define que a sua natureza e extensão “é a execução das obras projectadas de acordo com o Projecto de Execução, nomeadamente: movimento de terras, sistema de protecção e impermeabilização do aterro sanitário, sistema de drenagem e captação de águas pluviais, águas residuais e lixiviados, sistema de pré-tratamento das águas lixiviantes, sistema de drenagem e captação de biogás, sistema de abastecimento de água, estradas de serviço, instalações de apoio, integração e arranjo paisagístico, monitorização do sistema, fornecimento de equipamento necessário, entre outros”.

Os critérios de adjudicação estão fixados pelo “preço mais baixo” ou “proposta economicamente mais vantajosa”, tendo em conta o “preço proposto”, a “qualidade técnica da proposta”, o “programa de trabalhos” e “os factores indicados no caderno de encargos”.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.