Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

O banqueiro dos ricos

Em dez anos, João Rendeiro fez do “seu” Banco Privado uma referência-maior na banca de investimento em Portugal. Em exclusivo para a revista INVEST, o banqueiro explica como ajuda os milionários a multiplicar o seu dinheiro. E fala também das melhores apostas para quem quer aplicar em fundos e antecipa os sectores mais interessantes em termos de rentabilização e retorno do investimento.

Em primeira mão, a revista revela o projecto Mactónica, o futuro parque tecnológico de materiais de construção que vai ser erguido no Parque Industrial Ourém-Fátima, pela mão da Nersant (Associação Empresarial da Região de Santarém), Câmara de Ourém, e pelos grupos Soproi e Lena. Trata-se de um investimento de 16,1 milhões destinado a divulgar bons produtos e boas práticas no sector dos materiais de construção, associada também a uma vertente tecnológica, numa iniciativa que contará também com a participação do Instituto Politécnico de Leiria.

Nesta edição, a INVEST enumera e revela também as “25 Melhores Empresas de Aveiro”, avaliadas pelo índice cash-flow, à semelhança do que foi efectuado com os distritos de Leiria e Coimbra, em edições anteriores.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.