Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Câmara reivindica nó da A1 no Barracão

A Câmara de Leiria manifestou interesse junto da Brisa e das Estradas de Portugal (EP) de ver construído um nó da A1 na zona de Barracão, para permitir um melhor acesso à auto-estrada das empresas de camionagem e outras indústrias dos concelhos leiriense e pombalense, revela a edição de hoje do Diário de Leiria.

O vereador das Obras Municipais e Planeamento da autarquia, Fernando Carvalho, já reuniu com os responsáveis pelas duas entidades (Brisa e Estradas de Portugal) e a autarquia disponibilizou-se a suportar 50 por cento dos custos que irão ser gastos com os estudos prévios e de tráfego – orçados em 140 mil euros -, e só depois é que a Brisa e a EP anunciam a decisão.

Fernando Carvalho adiantou na reunião de Câmara de ontem que o município de Pombal também já manifestou interesse em participar no projecto e disponibilizou-se para apoiar a elaboração dos estudos, ou seja, as duas autarquias vão suportar os 50 por cento dos custos dos estudos, cabendo a cada uma pagar 35 mil euros. Até ao final do ano os estudos deverão ficar concluídos para depois serem entregues às duas instituições ligadas ao Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações tutelado por Mário Lino.

«Em função dos resultados dos estudos é que a Brisa e a Estradas de Portugal vão decidir se é ou não viável a construção do nó do Barracão», explicou Fernando Carvalho, defendendo a construção do acesso tendo em conta o número de empresas instaladas naquela zona e a importância que tem no desenvolvimento nos dois concelhos.

Apesar de ainda não estar calculado o custo global da obra, o vereador assegura que a construção do acesso custará «milhões de euros» e que poderá ser uma forma de captar novos utilizadores da A1. «O nó irá servir a Zona Sul de Pombal, nomeadamente Meirinhas, onde estão instaladas muitas empresas ligadas aos transportes, e o Norte do concelho de Leiria, devido ao forte dinamismo empresarial», acrescenta o vereador.

Refira-se que a A1 é uma das principais ligações entre Lisboa e o Porto e uma das estradas mais movimentadas do País. A via tem dois nós de acesso aos concelhos de Leiria e Pombal, cuja distância entre eles é de cerca de 35 quilómetros.

A construção de um novo nó permitirá uma maior facilidade na ligação entre os dois concelhos e eventualmente aliviar o volume de tráfego no IC2.

Diário de Leiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.