Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Imobiliário alivia crise com venda de imóveis penhorados

As empresas de mediação imobiliária têm conseguido manter algum negócio em tempo de crise através da venda de casas penhoradas pelos bancos, em condições preferenciais e crédito garantido até 100 por cento.

Em entrevista à agência Lusa o presidente da Associação Portuguesa de Empresas de Mediação de Imobiliária (APEMI), Luís Lima, adiantou que as imobiliárias têm-se apoiado muito nas vendas de casas dos bancos que querem escoar o «stock» de imóveis penhorados por incumprimento.

«O setor está a viver uma crise intensa e nós vamos conseguindo algum equilíbrio de venda assim. São casas que são colocadas no mercado pelos bancos depois de penhoradas que têm condições preferenciais e crédito e tendo crédito vendem-se», disse, realçando que os bancos fizeram nos últimos meses parcerias com várias mediadoras imobiliárias.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.