Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Presidente do IAPMEI recomenda aposta nas competências de gestão e nos mercados externos

Melhorar as competências de gestão e apostar nos mercados externos. É este o caminho que as PME devem seguir para enfrentar o futuro, apontou o presidente do IAPMEI, Luís Filipe Costa, durante o jantar-conferência promovido quinta-feira passada pela NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria.

No evento subordinado ao tema “O Futuro das PME no Contexto Actual”, o responsável do Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e ao Investimento (IAPMEI) afirmou que «cada vez menos a solução de Portugal passa pelo Governo e cada vez mais passa pelas empresas», cita um comunicado da associação.

Apontando como principal problema do País o défice comercial externo, o presidente do IAPMEI revelou tratar-se de uma questão histórica, e lembrou que com a adesão ao euro criou-se «uma falsa sensação de prosperidade, com taxas de juro muito baixas e uma política exagerada de consumo, o que fez com que, actualmente, cerca de um terço do crédito concedido pelos nossos bancos tenha origem em poupanças externas».

Além da intervenção no jantar-conferência, que contou com a presença de cerca de uma centena de empresários, a deslocação de Luís Filipe Costa ao distrito a convite da NERLEI integrou ainda a visita às empresas Vipex, Spal, Perfitec e Leirimetal.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.