Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Projecto Óbidos Solar premiado

Os projectos Óbidos Solar, Limpar Portugal e Valoralfa são os grandes vencedores da terceira edição dos Green Project Awards, uma iniciativa da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), Quercus e GCI. Os galardoados foram conhecidos ontem, na Culturgest, numa cerimónia presidida por Dulce Pássaro, ministra do Ambiente e do Ordenamento do Território.

O Óbidos Solar, um projecto integrado no programa “Óbidos Carbono Social”, ganhou a categoria ‘Produto ou Serviço’. Este projecto visa promover o uso de energias renováveis para reduzir as emissões de Gases com Efeito de Estufa no concelho de Óbidos. Os munícipes podem candidatar-se à instalação de uma unidade de microprodução nas suas habitações, com recurso ao fotovoltaico e solar térmico. O investimento inicial dos aderentes é no máximo de 1000 euros e, nos primeiros nove anos, o aderente recebe 25% do valor da venda de energia à rede nacional. Depois desse perído, 100% das receitas revertem para o munícipe.

O movimento “Limpar Portugal” venceu a categoria de ‘Campanha de Comunicação’. Este projecto foi lançado em 2009 por um grupo de cidadãos com o objectivo de promover a educação ambiental, através da acção de limpeza da floresta portuguesa. Depois de uma forte campanha nas redes sociais, o projecto foi posto em prática no dia 20 de Março e contou com o apoio voluntário de quase cem mil portugueses de todos os pontos do país, mobilizando o Presidente da República e a ministra do Ambiente.

Na categoria de ‘Investigação & Desenvolvimento’, o prémio foi atribuído ao projecto Valoralfa da empresa Industrial Farense. Este projecto desenvolveu uma estratégia de valorização da polpa de alfarroba para o mercado da alimentação humana.

A terceira edição dos Green Project Awards atribuiu ainda cinco menções honrosas. No total apresentaram-se a concurso 87 projectos.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.