Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Derovo investe 28 milhões em Proença-a-Nova

A Derovo, empresa de produção de ovos de galinha e derivados, sediada em Pombal, vai criar cerca de 100 postos de trabalho em Proença-a-Nova, num investimento de 28 milhões de euros, segundo João Catarino (PS), presidente da câmara local.

A empresa, uma das maiores do sector na Península Ibérica, vai instalar pavilhões de produção em Proença-a-Nova. «O processo de licenciamento já deu entrada na Câmara. Esperamos que a obra possa ser feita ao longo do próximo ano», afirma o autarca. A criação de emprego «é extremamente importante, especialmente num concelho com as características do nosso, que até há poucos anos viveu à base de uma indústria, a Sotima», ligada ao sector da madeira, refere João Catarino.

«Estes 100 postos de trabalho são essencialmente femininos, alguns com maiores necessidades de qualificação, mas a empresa e a Câmara vão providenciar a formação necessária», acrescenta.
Segundo o autarca, o investimento de 28 milhões de euros será comparticipado pelo Programa de Desenvolvimento Rural (Proder) em cerca de 30%. Prevê dez pavilhões, três para criação de galináceos, outros para produção de ovo e uma unidade industrial de selecção de ovos.

Parte do investimento ficará junto à antiga fábrica da Sotima, que a Câmara adquiriu para ali criar um parque empresarial com uma unidade de serviços partilhados, onde o grupo Lena também projecta instalar-se, refere. «Queremos criar algumas sinergias entre vários investimentos. Por exemplo, uma unidade de co-geração de energia, entre outros serviços, que possam reduzir os encargos das empresas ao serem partilhados», aponta o autarca. «Será um parque empresarial com características modernas».

Para o local, «o grupo Lena prevê a instalação de uma fábrica de peletes», material combustível feito a partir de resíduos florestais. «Há ainda mais alguns projectos em fase embrionária», conclui.

Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.