Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Câmara da Nazaré contrai empréstimos para regularizar dívidas a fornecedores

A Câmara Municipal da Nazaré vai contrair dois empréstimos no âmbito do Programa de Regularização Extraordinária de Dívidas do Estado, para pagar facturas assumidas até 31 de Março último, no valor de aproximadamente 8,9 milhões de euros. A contracção dos empréstimos foi ontem aprovada pela Assembleia Municipal da Nazaré, com a abstenção do Grupo de Cidadãos Independentes, revela a autarquia em comunicado.

Um dos empréstimos será feito junto da Caixa Geral de Depósitos, no valor correspondente a 60% da dívida, pelo prazo de cinco anos. Os restantes 40% serão contraídos à Direcção-Geral do Tesouro, por 10 anos, sendo os primeiros cinco anos de carência de capital e juros a zero por cento.

A dívida elegível no âmbito do Programa de Regularização Extraordinária das Dívidas do Estado corresponde aos compromissos de natureza comercial, não incluindo encargos de carácter financeiro.

O presidente da Câmara Municipal da Nazaré, Jorge Barroso, reconhece, citado em comunicado, que o encargo mensal com estes empréstimos «será significativo», mas que «o reescalonamento da dívida de curto e médio prazo permite aliviar a tesouraria municipal» e, essencialmente, «aliviar a tesouraria de significativo número de pequenas e médias empresas locais, que nem sempre vêem as suas facturas liquidadas nos prazos considerados normais».

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.