Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Iberomoldes com volume de negócios superior a 50 milhões em 2008

A Iberomoldes, grupo de engenharia de desenvolvimento de produtos, moldes e fabrico de produtos e peças plásticas, apresentou em 2008 um volume de negócios superior a 50 milhões de euros. «O volume total de negócios das empresas do grupo foi superior a 50 milhões de euros, sendo o valor consolidado cerca de 25 milhões», revelou à Lusa o presidente do Conselho de Administração, Joaquim Menezes, não adiantando os números de 2007.

O grupo, que contabiliza actualmente 16 empresas e mais de 900 colaboradores, tem sede na Marinha Grande e escritórios de engenharia e vendas na Suécia e China, e, através da empresa Iber-Oleff Brasil, produz componentes para a indústria automóvel no Brasil.

«O Grupo Iberomoldes exporta os seus produtos e serviços – directa e indirectamente, acima dos 90% – para várias empresas internacionais líderes de mercado», explicou Joaquim Menezes.

O empresário afirmou que é para o sector automóvel que o grupo mais trabalha, mas sublinhou que a Iberomoldes está envolvida «com outros sectores industriais importantes, como sejam malas e artigos de viagem, irrigação agrícola, embalagem e artigos de casa», entre outros.

Joaquim Menezes realçou que ao longo de 35 anos de existência do grupo houve uma «preocupação constante com a inovação», destacando que a Iberomoldes foi responsável pela introdução, «de forma pioneira, de processos e tecnologias» que hoje estão generalizados.

O líder do grupo Iberomoldes exemplificou com os «sistemas CAD/CAM (desenho e maquinação assistidos por computador) no início dos anos 80 e as metodologias de engenharia simultânea no desenvolvimento e produção de moldes».

Actualmente, 16 empresas constituem o grupo Iberomoldes, dividido por duas grandes áreas: engenharia e prototipagem e fabrico de moldes e produtos.

Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.