Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Vista Alegre vai cortar 80 postos de trabalho até 2009

A Vista Alegre Atlantis (VAA) pretende reduzir mais de 80 postos de trabalho até 2009, dando continuidade à política de rescisões por mútuo acordo que adoptou desde o ano 2000, revela a edição de hoje do Diário de Notícias, citando um comunicado da empresa enviado à CMVM.

No comunicado, a administração queixa-se da falta de cumprimento da Secretaria de Estado do Emprego, à qual solicitou o estatuto de «empresa em reestruturação», em Março de 2007. Sem o despacho que declare o estatuto requerido, a administração da VAA diz que lhe resta «o recurso ao despedimento colectivo, o que não pode ser feito de forma gradual» e adianta que esta forma «exige financiamentos adicionais imediatos e é fonte de perturbação social», adianta o diário.

O ministro da tutela, Vieira da Silva, responde que o processo «está a seguir os trâmites normais» para estes casos. Segundo o DN, «alguns negócios do grupo são fortemente deficitários» sendo esta a razão invocada para manter a política de redução de pessoal.

O documento enviado à CMVM revela que, em seis anos, o grupo de cerâmica e cristalaria rescindiu contratos com 1499 empregados.

LE com Diário de Notícias

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.