Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Europac adquire Nor-Gonpapel

A Europac – grupo que detém a Portucel Embalagem em Leiria – adquiriu a empresa de recuperação de resíduos Nor-Gonpapel Comércio de Desperdícios de Papel, SA por 5,15 milhões de euros. A operação, que se processou através da sua filial portuguesa Gescartão SGPS, SA, prevê aumentar em 100% a capacidade da companhia na recuperação de papel reciclado, uma das matérias-primas necessárias nos seus centros de produção, revela a empresa em comunicado.

A Europac assegura, deste modo, a disponibilidade de papel reciclado para as suas fábricas de Dueñas (Palencia), Alcolea de Cinca (Huesca) e Viana do Castelo, três centros de produção onde se reciclam anualmente 400 mil toneladas de papel. Com esta operação de compra, 25% (100 mil toneladas) vem directamente de auto abastecimento, explica o documento.

Até à incorporação de Nor-Gonpapel na estrutura, as 50 mil toneladas de papel recuperado geridas anualmente pela Europac provinham da actividade da Manuel Rodrigues de Almeida & Filhos (MRA), empresa participada pela Europac em 51% e sobre a qual existe uma opção de compra dos 49% que deve ser executada antes de Março de 2008.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.