Disputa pelo gol, Cristiano Ronaldo nega atualização da UEFA

No sábado passado, a Sérvia voltou a Portugal (2-2) na segunda jornada de qualificação para o Mundial de 2022. Mas os portugueses poderiam ter vencido nos minutos finais se não fosse este golo. Ronaldo, fazendo correr muita tinta.

Seguiu-se um acalorado debate, com a imprensa portuguesa a disparar bolas vermelhas contra o árbitro. Depois que o juiz da reunião falou, a UEFA fez um esclarecimento.

“A decisão de usar a tecnologia Goal Line nas eliminatórias europeias cabe à federação anfitriã em cada partida.” Ele disse que o órgão dirigente do futebol europeu. “Se a associação anfitriã planeja implementar a Tecnologia de Linha do Gol, também deve obter a aprovação por escrito da associação visitante para usá-la.” A UEFA explica em comunicado divulgado pelo jornal AS.

Em relação à ausência de VAR, a instância também foi escalada. “O impacto da epidemia nas capacidades operacionais e logísticas levou a UEFA a atrasar a implementação do árbitro assistente de vídeo na fase de grupos da Liga Europeia (para 2021-22 em vez de 2020-2021), bem como retirar a proposta de a aplicação do árbitro assistente de vídeo. “Qualificação para a Copa do Mundo de 2022.” Não tenho a certeza de que esta saída acalme o entusiasmo dos adeptos portugueses.

READ  José Mourinho mandou deixar a dupla totalitária do Tottenham para salvar o emprego

You May Also Like

About the Author: Germano Álvares

"Desbravador de cerveja apaixonado. Álcool alcoólico incurável. Geek de bacon. Viciado em web em geral."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *