William Martin, fundador da Diogo Won, faleceu

O jovem de 28 anos morreu na sequência de um acidente de mergulho ao largo de São Tomé e Príncipe, na quarta-feira, 3 de fevereiro.

É uma notícia chocante para a equipa do Diogo Vaz, que está em funcionamento na Place Saint-Roch, em Mont-de-Marsan, desde o dia 16 de maio. Na quarta-feira, 3 de fevereiro, um dos executivos da empresa morreu após sofrer um acidente de mergulho na costa da ilha de São Tomé, ao largo do Gabão. Este é Montua William Martin, 28 anos.

Foi presidente da Diogo Vaz, aventura que começou em 2014. O pai então, juntamente com um parceiro basco, comprou uma quinta abandonada de chocolate na ilha de São Tomé. Mais tarde, para vender discos e produtos Diogo Vaz, foi inaugurada uma loja (em junho de 2018) na ilha. Já a segunda foi instalada em Lisboa (Portugal) no dia 5 de maio, e a terceira é a loja Mons.

Mons abriu suas portas em maio passado.

Crédito da imagem: Arquivo Pascal Bates

O registo de condolências e manifestações de simpatia está à disposição na loja de Mons, no n.º 1, Avenue de la Land, junto à Praça Saint-Roch. Um minuto de silêncio será observado esta noite durante a partida do Estádio Montois contra o Oyonax. O pai de William Martin, Jean-Remy Martin, é um membro ativo da diretoria do clube.

READ  Bitcoin whale clusters determine the key support level for the continuation of the rally

You May Also Like

About the Author: Irene Alves

"Bacon ninja. Guru do álcool. Explorador orgulhoso. Ávido entusiasta da cultura pop."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *