“Quero que as pessoas se lembrem de que ele é um homem maravilhoso.” – Michel Cottier

O ator Michel Coty, que teve um dos papéis principais em CRAZY, diz que está profundamente perturbado com a morte de Jean-Marc Vallee.

• Leia também: Jean-Marc Vallee em 10 grandes obras

• Leia também: Jean-Marc Vallee sucumbiu a uma parada no coração

• Leia também: Uma onda de homenagem a Jean-Marc Vallee

“A escotilha se abriu e eu caí do avião sem pára-quedas. Sério, não posso acreditar”, admite o ator.

“Não consigo perceber que Jean-Marc nos deixou”, explica Cote, lutando para conter as lágrimas.

Segundo ele, a profissão de diretor ainda não atingiu seu potencial máximo.

“Ele tinha uma grande carreira pela frente. Tenho certeza que o que estava por vir seria duas, três vezes melhor e mais agradável do que o que ele fez”, confirma Michel Coty.

“Falaremos sobre ele nos próximos anos. Ele morreu no auge da carreira, no auge da glória”, acredita.

Ele acrescenta que é um homem leal, sensível e totalmente dedicado aos seus filmes, que queria que todos os atores que atuassem fossem bonitos e bons.

“Juro para você, Jean-Marc, ele é um homem extraordinário, um cineasta maravilhoso. Um grande amante dos artistas.”

“Quero que as pessoas se lembrem de que ele é um grande homem”, confirma Michel Cottier.

Ele conclui: “Estou muito chateado com sua morte.”

* Veja a entrevista completa de Michel Coty no vídeo acima *

See also  Eles ficaram presos em um elevador inundado

You May Also Like

About the Author: Hermínio Guimarães

"Introvertido premiado. Viciado em mídia social sutilmente charmoso. Praticante de zumbis. Aficionado por música irritantemente humilde."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *