Quando o terror se transforma em entretenimento para a família

A opinião do “mundo” – porque não

Depois do primeiro episódio, que foi um grande sucesso de bilheteria nos Estados Unidos, sem som 2 Ele vem para perpetuar as aventuras da família Abbott, enquanto luta contra monstros alienígenas invasores não apenas cegos, mas acima de tudo extremamente sensíveis ao menor ruído. Enquanto a primeira parte se passa no cenário do lar confinado, típico da classe média americana, representa a jornada dos mesmos personagens, liderados por sua mãe Evelyn (Emily Blunt), em busca de refúgio.

Barulho engraçado pega

Portanto, explorar a área torna-se um novo desafio, que é revisitar os restos de uma civilização agora destruída, encontrando um canto de sobrevivência e recursos. Dotada de uma introdução explicativa, esta parte visa sobretudo explorar uma fórmula que torna o som um verdadeiro perigo de morte: quem emite acima de um determinado limiar é imediatamente perseguido por criaturas saltadoras – o que acaba com uma tendência peculiar ao ruído.

Leia também ‘No Noise’: terror na fazenda cercada por crustáceos gigantes

Porém, o problema é sempre o mesmo: o poder do conceito e suas promessas de gradação potencialmente infinita encontram pouca saída em um resultado garantido para maximizar e aprimorar seus efeitos (trilha sonora finalmente saturada, exceto por um curto clipe silencioso). Clichês de família. Com a coragem de sua mãe que se dedicava aos filhos (mas não sem a ajuda indispensável de um homem, na pessoa de uma ex-vizinha para sobreviver), sem som 2 Consegue a façanha de transformar o cinema de terror em entretenimento estéril para toda a família.

sem som 2, de John Krasinski, Afek Emily Blunt, Cillian Murphy, Millicent Symonds (UE, 1h37m).

See also  French TV downgrades Ronaldo and Portugal as the classic "Ghost" replaces World Cup qualifiers after Italy's exit

You May Also Like

About the Author: Aldina Antunes

"Praticante de tv incurável. Estudioso da cultura pop. Pioneiro de viagens dedicado. Viciado em álcool. Jogador."

Leave a Reply

Your email address will not be published.