Portugal: Ex-banqueiro fugitivo é preso na África do Sul

A polícia judiciária de Lisboa disse que o ex-banqueiro português João Rendero, que fugiu de seu país em setembro após ser preso por fraude, foi preso na África do Sul no sábado.

O diretor do Criminal Investigation Bureau, Luis Neves, disse durante uma entrevista coletiva que Rendero, que foi preso pelas autoridades sul-africanas na manhã de sábado, corre o risco de ser colocado em prisão preventiva e enfrentará um pedido de extradição de Portugal.

Em setembro, o ex-banqueiro de 69 anos esgotou todos os recursos depois de ser sentenciado a três anos e meio de prisão por fraude grosseira.

Dois meses depois, o Sr. Rendero concedeu uma entrevista em vídeo à televisão portuguesa, sem revelar o seu paradeiro, para justificar a sua recusa em denunciar às autoridades por ter sido vítima de uma injustiça.

No sábado, a mídia local noticiou que ele foi condenado na primeira instância por 16 crimes em três julgamentos diferentes.

O Sr. Rendero foi acusado de administrar o Banco Privado Português (BPP), um pequeno banco português que faliu em 2010, em meio à crise da dívida da zona do euro.

Este escândalo, como o relacionado com o colapso do Banco do Espírito Santo, obrigou as autoridades portuguesas a resgatar o sistema financeiro num momento em que o país era submetido a um duro tratamento de austeridade orçamental em troca de um resgate concedido pelos europeus União e o Fundo Monetário Internacional.

O tão divulgado personagem de João Rendero tem sido o símbolo da impunidade que muitos portugueses atribuem aos ricos e poderosos, capazes de utilizar táticas de demora para escapar aos castigos da justiça.

tsc / jg

See also  Destaques da edição 2021-2022 da Liga dos Campeões da UEFA

You May Also Like

About the Author: Germano Álvares

"Desbravador de cerveja apaixonado. Álcool alcoólico incurável. Geek de bacon. Viciado em web em geral."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *