Osia: Deixe NSS Lana para a Nigéria

Após a cerimónia de transferência da bandeira, a nova embarcação oceanográfica da Marinha da Nigéria partiu de San Nazaire no dia 16 de abril, chegando ao porto original de Lagos, com várias escalas ao longo do caminho, a primeira das quais foi em Lisboa. O mar recomeçou a 23 de abril, após três dias no porto português, desta vez com destino a Las Palmas, nas Canárias.

Festa antes da partida (© OCEA)

Festa antes da partida (© OCEA)

Festa antes da partida (© OCEA)

Construído pelo estaleiro Ocea des Sables d’Olonne, o NSS Lana foi lançado em 24 de setembro, e é a terceira unidade OSV 190 SC-WB produzida pelo fabricante Vendée, após a entrega de KRI Rigel e KRI Spica em 2015 para a Marinha da Indonésia .

Feito inteiramente de alumínio, o NSS Lana tem 60 metros de comprimento, 11,5 metros de largura e 3,5 metros de largura. Com capacidade para 50 pessoas, é capaz de atingir a velocidade de 14 nós e cruzar 4.400 milhas náuticas a uma velocidade de 12 nós, para ganhar autonomia sem reabastecer por 20 dias. Esta nova unidade permitirá que a Marinha da Nigéria aprimore suas capacidades hidrográficas e oceanográficas para um melhor conhecimento da água e do fundo do mar em sua zona econômica exclusiva (ZEE). Equipado com diversos equipamentos científicos (sonda multifeixe, sonda de feixe único, sonar lateral, medidor de corrente, etc.), além de laboratórios para estudo de coluna d’água, sedimentos e recursos pesqueiros, o prédio carrega um barco hidrográfico de 7,6 metros equipado para operar em áreas rasas.

NSS Lana lança seu barco hidrográfico (© OCEA)

NSS Lana lança seu barco hidrográfico (© OCEA)

Além de suas missões científicas, o NSS Lana contribuirá para o monitoramento e proteção da Zona Econômica Exclusiva da Nigéria, monitoramento da pesca e operações de socorro.

See also  Cristiano Ronaldo: Pelo perdão, o português faz um gesto simpático para este jogador (vídeo)

É o maior navio que a Nigéria encomendou nos últimos anos à Ocea, que também está produzindo barcos de patrulha e interceptores para o país, incluindo os novos C-Falcons.

© Artigo do conselho editorial Mer et Marine. A reprodução sem o consentimento do (s) autor (es) é proibida.

You May Also Like

About the Author: Germano Álvares

"Desbravador de cerveja apaixonado. Álcool alcoólico incurável. Geek de bacon. Viciado em web em geral."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *